.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

12 de set de 2013

Em breve…

 

"A Bíblia nunca antes fez tanto sentido!"

Tetelestai

Trailer Português

 

O quê é o Projeto Tetelestai?

O projeto Tetelestai é um projeto de produzir uma serie de 12-episódios no estilo documentário/curta-metragem com o alvo de criar uma ferramenta com qualidade que explica os conceitos principais da bíblia. Começando com Gênesis. a serie leva uma pessoa a estudar, cronologicamente, narrativas chaves da bíblia, uma por uma até Jesus Cristo. Será uma apresentação clara de como Jesus Cristo cumpriu as escrituras e realmente é o Messias e a resposta para o problema de mau e pecado no mundo.

O quê significa a palavra Tetelestai ?

Tetelestai (τετέλεσται) é uma palavra grega que significa “está consumado”. Esta foi a ultima palavra que Jesus falou antes de morrer e cumprir seu propósito em vir aqui na terra. (Veja João 19:30).  A palavra tetelestai também foi usada na época do novo testamento em documentos fiscais e recibos significando que uma dívida ou conta foi paga em total.  (Greek-English Lexicon of the NT, George Milligan, p630)

Quem é Luz em Ação?

Nós somos um grupo de voluntários do Brasil, Canadá, e os Estados Unidos, dedicados criar ferramentas de qualidade usando cinema e o audiovisual. A maioria dos nossos membros moram e trabalham em Natal, RN onde tem a sede da ONG (Luz em Ação) e existe o estúdio de pós produção e as oficinas de produção de arte e figurino. Temos um escritório internacional em Sierra Vista, Arizona, EUA que serve como base para Light in Action Inc., a ONG americana. Nós começamos a criar ferramentas audiovisuais em 2009.

Tetelestai está disponível em outras línguas?

Nós temos parcerias com tradutores, dubladores, e estúdios no mundo todo para traduzir Tetelestai para todas as línguas mais faladas do mundo. Para mais informações em como ajudar, por favor visite esta pagina, ou você pode ver quais projetos estão em tradução já.

 

+ Leia mais...

10 de set de 2013

Igreja Videira organizou Conferência Radicais Livres no estádio Serra Dourada aceitando fazer propaganda para o governo, diz jornalista.

 

 

Pastores ligados à Igreja Videira, em Goiás, foram acusados de usar influência política para criar facilitações no uso do estádio Serra Dourada, em Goiânia, para a realização de eventos gospel no local.

O portal 730 publicou matéria em que denuncia a troca de favores entre as lideranças evangélicas e os políticos goianos, que envolveriam a cessão do estádio aos religiosos e propaganda dos religiosos em favor dos políticos.

“Os organizadores, originários da igreja Videira, usaram a influência de pastores e integrantes influentes do governo, como o procurador-geral do Estado, Alexandre Tocantins, para alterar o rígido calendário da Confederação Brasileira de Futebol e realizar o evento no estádio”, diz a jornalista Fabiane Fagundes em sua reportagem.

Segundo Fagundes, a realização dos eventos no Serra Dourada influenciou no uso do estádio pelos clubes da cidade, que disputam o Campeonato Brasileiro das Séries A e B, resultando em alterações nas datas dos jogos.

O presidente da Federação Goiana de Futebol, André Pitta, teria dito à jornalista que “a solicitação [para a alteração nas partidas] veio do próprio governo e a ele coube apenas repassar a solicitação aos clubes envolvidos”.

Fabiana Fagundes afirma ainda que havia convicção por parte dos organizadores do evento quanto ao uso do estádio: “O contrato entre Agência Goiana de Esportes e Lazer e a Igreja Videira só foi formalizado no dia 26 de agosto, data em que a CBF oficializou as alterações e uma semana depois que a reportagem da Rede Clube de Comunicação fez questionamento sobre os termos da locação. Mesmo antes da assinatura do contrato, os idealizadores da conferência não tinham dúvida sobre a locação do Serra Dourada para o evento, tanto que iniciaram a divulgação e as inscrições há dois meses”.

O evento em questão, Conferência Radicais Livres, aconteceu nos dias 06 e 07 de setembro, e a estimativa é que tenha reunido 60 mil pessoas em cada um dos dias.

Os organizadores do evento solicitaram ao governo que suspendesse a cobrança do aluguel para o uso do estádio, que gira em torno de R$ 120 mil. Apesar da negativa, os responsáveis aceitaram que o valor fosse pago de maneira facilitada: R$ 45 mil em dinheiro e o restante em propaganda pró-governo nas mídias de divulgação do evento.

“[É uma] estratégia do governo para melhorar a própria imagem com o segmento que não para de crescer”, escreve Fabiana Fagundes, que teve acesso ao contrato de locação e estima que os organizadores tenham arrecadado entre R$ 2,2 e R$ 5 milhões com a bilheteria da Conferência Radicais Livres.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

Morreu Champignon, ex-integrante do Charlie Brown Jr. Nas redes sociais, artistas pedem que Deus console a família

 

O músico Luiz Carlos Leão Duarte Junior, conhecido como Champignon, faleceu na madrugada desta segunda-feira, 09 de setembro. O ex-integrante da banda Charlie Brown Jr. foi encontrado pela esposa Claudia Campos com um tiro no rosto, em seu apartamento em São Paulo.

A morte de Champignon acontece seis meses após a morte de Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr. e amigo de infância do músico. As suspeitas da Polícia é que ele tenha se suicidado.

A esposa de Champignon está grávida de cinco meses, e contou com a ajuda de um vizinho para chamar a Polícia e ser socorrida, pois entrou em estado de choque com a morte do marido, segundo informações dos principais portais de notícia.

Entre os diversos artistas que se manifestaram com pesar pela morte do músico, alguns deles pediram oração pela família. A apresentadora Monique Evans, evangélica, lamentou a morte de Champignon: “Perdi o sono no meio da noite, e soube de mais uma batalha perdida!! Mais um artista, homem, filho, marido e futuro pai se foi! #RIPChampignon. Imagino o coração dessa mulher grávida, e desses amigos que já estavam tão abalados!!Orem e peçam a Deus que alivie a dor dessa família!”, publicou.

A também apresentadora Sônia Abrão, prima de Chorão, prestou suas condolências: “Adeus, Champ… teu amigo Chorão vai te amparar lá no céu!”.

O ator Gustavo Leão lamentou a morte e desejou que a família seja consolada: “Difícil acordar, mais uma vez às 6 da manhã, e saber que mais um dos seus ídolos da adolescência se foi. Um gênio musicalmente falando, mais uma grande perda, para nós, fãs do Charlie Brown Jr., e fã do seu talento. Descanse em paz Champ… Que Deus consiga com o tempo confortar o coração dos seus familiares! #RIPCHAMPIGNON”.

O cantor André Marinho seguiu a mesma linha: “Infelizmente ele perdeu a fé também. O moleque era maneiro. Peço a Deus que conforte o coração da Família e dos amigos”, escreveu. Eduardo Costa, também cantor, manifestou pesar: “Eu nãoo conhecia o #champignon, mas como ser humano jamais ficaria feliz com a morte de qualquer pessoa. Que Deus dê forças a família!”.

O pagodeiro Péricles, ex-integrante do grupo Exaltasamba, publicou uma reflexão sobre a morte do colega de profissão: “Infelizmente, a música perde mais um grande guerreiro pra depressão. Acordei agora com essa notícia e não tenho palavras pra demonstrar minha tristeza em perder esse amigo. Que Deus conforte a sua alma e cuide da família e de todos os que o amavam”, disse. Outro pagodeiro, Dudu Nobre, também manifestou carinho pelo contrabaixista: “Chego em casa agora do show e vejo essa notícia. Vai na fé, Champ. Que Deus conforte a família e os amigos”.

O roqueiro Lobão foi mais econômico com as palavras: “Champignon morreu, meu Deus. Que absurdo. Que coisa mais triste”.

Alguns internautas passaram a fazer piadas com a morte do músico, o que irritou boa parte dos colegas de profissão. O músico Léo Jaime criticou aqueles que se dispuseram a ignorar a dor da perda da família e fazer comentários em tom de zombaria: “Estivemos juntos no último capítulo de Malhação. Ele tentava se reerguer da perda do parceiro. Trollado por muitos. Valeu, Champignon. Obrigado pelas belas canções. Isto é o que vai ficar. Um aviso a geral: não existe prêmio para quem julga os outros mais rápido. Defina hipocrisia. Lamentar a morte de conhecidos é hipocrisia? Por quê? Deveríamos lamentar a morte dos desconhecidos? Como? Outro aviso: não existe concurso para ver quem é o maior ***** das redes sociais. Burrice é a única coisa infinita do universo”.

O baterista Renato Pelado, ex companheiro de Charlie Brown Jr. e hoje evangélico convertido na Igreja Bola de Neve de São Paulo, afirmou que ”lamento muito a morte dele, pois sei que era uma pessoa boa e que foi, além de um grande amigo, um ótimo músico. Não sei o que aconteceu, nem gostaria de comentar sobre o ocorrido, mas posso falar dele, pois sei que tinha um bom coração. Infelizmente sucesso, dinheiro e fama, sem Deus em nossas vidas, não são nada”, resume.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

James Hunter, autor de “O monge e o Executivo”, afirma que Jesus é o líder mais admirável que já existiu.

 

 

 

O guru empresarial, James Hunter, autor do best-seller “O monge e o Executivo”, que está no Brasil para participar da Bienal do Livro no Rio, concedeu uma entrevista falando de liderança e sobre os exemplos de liderança que o inspiram. Durante a entrevista, concedida ao G1, Hunter falou sobre Jesus Cristo, citando-o como “o líder mais admirável que já existiu”.

- É porque Jesus tem influenciado as pessoas há mais de 2 mil anos – explica o escritor, ao falar sobre sua preferência por Jesus como exemplo de liderança.

Aos 59 anos, ele afirma já ter treinado pessoalmente mais de 2 mil executivos nos últimos 20 anos e defende a ideia de que cargos de chefia devem ser ocupados por pessoas de boa conduta, o que defende de maneira ferrenha em seus 2 livros.

- Em minhas palestras, nunca encontrei ninguém que tenha levantado a mão e dito: ‘Discordo, quero trabalhar com um líder corrupto, arrogante (risos)’ – explica.

Juntas, suas duas obras já venderam mais de 4,2 milhões de cópias. Seu segundo livro, intitulado “Como se tornar um líder servidor”, mostra até mesmo no título sua preferência por Jesus como exemplo de liderança. Ele afirma ainda que existem “líderes natos e líderes que aprendem a cumprir a função”, e seus livros seriam um caminho para tal aprendizado.

- Se você tem a habilidade de mover as pessoas, de levá-las à ação, então você é um bom líder. Mas aprender os princípios é fácil, difícil é aplicá-los – ressalta o guru.

Ele falou ainda sobre a liderança dentro da família, citando sua esposa como um exemplo seguido por ele e conta que seu primeiro livro, “O monge e o executivo”, escrito em 1996, tinha como propósito passar seus princípios à sua filha, que tinha 2 anos de idade na época. Ele ressaltou ainda que a necessidade de “transmitir um legado” tinha relação com um momento difícil pelo qual passava, brincando que “estava atravessando uma crise de meia-idade”.

Sobre os princípios propagados em seus livros, o escritor reconhece não propor nada de novo, mas atribui seu sucesso ao modo, supostamente claro e acessível, com o qual propaga tais ideias.

- Não proponho nada de novo, mas apresento de modo simples – resume.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Cristão é preso no Marrocos por “balançar a fé de um muçulmano”

 

 

No Marrocos, o cristão Mohamed el Baldi, 34 anos, foi condenado a dois anos de prisão por evangelizar dentro do país. Preso durante uma invasão em sua casa no dia 28 de agosto, o cristão foi condenado em audiência que aconteceu no último dia 03. O motivo de sua condenação foi “abalar a fé de um muçulmano”.

No momento de sua prisão, foram confiscados em sua casa diversos objetos ligados à sua fé, como a sua Bíblia. O cristão, que é da cidade de Ain Aicha, também foi condenado a pagar uma multa de cinco mil dirhams (o equivalente a 1.354,50 reais).

A divulgação da fé cristã é um crime previsto pelo artigo 220 do Código Penal marroquino, lei que diz ser ilegal impedir uma ou mais pessoas de praticar a religião pela força, violência ou ameaças, segundo o Ministério Portas Abertas. O Marrocos é o 39º país na classificação dos lugares onde há mais perseguição religiosa em todo o mundo.

A punição atribuída a el Baldi foi maior que a prevista pela constituição do Marrocos, segundo a qual a pena máxima para este crime é a reclusão de três a seis meses e multa de 200 a 500 dirhams (de 54,18 a 135,45 reais).

Convertido ao cristianismo há sete anos, Mohamed el Baldi admitiu na audiência que é amigo de dois cristãos norte-americanos, que lhe forneceram materiais para estudo. Além disso, ele confessou ainda ter participado de reuniões cristãs nas cidades de Meknes e Rabat.

Da população do Marrocos, composta por cerca de 33 milhões de pessoas, mais de 99 por cento é muçulmana; o restante é composto predominantemente de cristãos e judeus.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Série de TV ensina cristãos a compartilhar o evangelho com muçulmanos

 

A rede de TV norte americana Al Hayat, está transmitindo a série “Verdad Abierta”, com objetivo de ensinar cristãos a evangelizar muçulmanos que vão aos Estados Unidos buscar melhores oportunidades de trabalho e educação, e até mesmo para escapar da opressão em seus países.

Os vídeos transmitidos na série estão instruindo os cristãos sobre o Islã e sobre como compartilhar sua fé sem medo, além de responder perguntas como: “Como os cristãos devem responder ao terrorismo islâmico?”.

Os vídeos também mostram primeiros aspectos da cultura islâmica e crenças religiosas. O apresentador Amani Mostafa, acredita que, com esses filmes, é possível que o povo americano entender mais sobre o assunto.

- Eu acho que vai ajudar o nosso país a ser bem equipado para lidar com o terrorismo e com pessoas daqui que devemos nos preocupar – os muçulmanos que Deus trouxe para compartilhar o evangelho aqui – afirmou Mostafa.

O coprodutor da série, Tim Clemens, disse que a ideia de fazer vídeos para discutir o assunto surgiu quando seus filhos começaram a estudar a cultura dos muçulmanos.

- Eu não estava preparado e era ignorante sobre esta outra cultura – explicou.

De acordo com o Noticia Cristiana, o apresentador foi escolhido não só por ser a estrela do Al Hayat TV, mas também por ser um ex-muçulmano. Assim como toda a produção de “Verdad Abierta”, ele acredita que os ocidentais têm de entender a cultura dos muçulmanos antes de iniciar qualquer relacionamento com eles.

Sobre a evangelização, Mostafa, diz que não há necessidade de ter medo em compartilhar sua fé com os muçulmanos, porque eles estão ansiosos para estar perto de Deus.

- Quando um cristão vem e me mostra o Deus que ama e adora, é revelador – afirmou.

Os produtores afirmam ainda que a grande vantagem deste material é que a produção foi feita por ex-muçulmanos: Mostafa e diretor Wajdi Iskander, que também se tornou um cristão.

- Como muçulmano, eu sempre quis saber como Deus pode humilhar-se como um homem e vir à Terra. Eu acho que a pergunta é por que Deus escolheu para se tornar homem… Para mim, o problema foi resolvido quando eu soube que Deus se colocou no nível do homem, porque ele ama o homem – disse Wajdi Iskander.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Hollywood vive sua maior onda de filmes religiosos desde a década de 1950

 

“A Paixão de Cristo”, de 2004, foi último grande sucesso dos cinemas a ter como tema central uma história bíblica. Porém, os filmes bíblicos estão voltando com uma grande força a Hollywood. Com um grande número de personagens bíblicos chegando às telas dos cinemas a partir dos próximos meses, a indústria cinematográfica inicia sua mais forte onda de filmes religiosos desde a década de 1950.

Personagens como Noé, Moisés, Caim, Golias e Maria serão levados aos cinemas em filmes com grandes orçamentos, diretores consagrados e astros no elenco. Segundo o iG, esses filmes devem pegar carona no sucesso dos blockbusters de ação e aventura, dando ênfase aos efeitos especiais.

“Noé”, de Darren Aronofsky (“Cisne Negro”), será o primeiro a chegar aos cinemas brasileiros, em abril de 2014. O filme é estrelado por Russel Crowe, e tem um tem orçamento de US$ 125 milhões (R$ 295 milhões), dinheiro que foi usado em parte para a construção de uma arca de madeira de 45 metros.

A lista de futuras estreias inclui também “Exodus”, de Ridley Scott, no qual Christian Bale viverá Moisés, personagem que será retratado também em “Gods and Kings”, filme que deve ser dirigido por Ang Lee; “The Redemption of Caim”, baseado na história de Caim e Abel e está sendo anunciado como a estreia de Will Smith como diretor; e “Mary, Mother of Christ”, sobre a mãe de Jesus, com Ben Kingsley. Esse último será um ‘prequel’ de “A Paixão de Cristo”.

A história de Golias também deve ser levada aos cinemas, por Scott Derrickson e Brad Pitt demonstrou interesse em estrelar a cinebiografia de Pôncio Pilatos.

Muitos atribuem essa nova safra de filmes religiosos ao recente sucesso da série “The Bible”, exibida pelo canal History Channel em março. O programa alcançou a maior audiência da TV a cabo dos EUA neste ano, com 13 milhões de espectadores no primeiro episódio.

Por Dan Martins, para Gospel+

+ Leia mais...

Católico gay afirma ter recebido uma ligação do papa Francisco para falar sobre sua sexualidade

 

Christophe Trutino, um assistente de vendas de 25 anos de idade, de Toulouse, afirmou ao France La Depeche du Midi que recebeu um telefonema do papa Francisco para falar sobre sua sexualidade. Trutino, que é homossexual, conta que recebeu a ligação do líder católico depois de ter escrito uma carta a ele relatando sofre preconceito por sua opção sexual.

Ele diz que decidiu escrever ao novo papa uma carta sobre seus problemas porque acredita que o papa Francisco é um tipo diferente de papa. E o papa supostamente respondeu.

- Sim. Eu sei que é difícil acreditar, mas realmente aconteceu assim. Daquele momento em diante, eu não tinha mais nenhuma dúvida. Eu estava convencido de que era ele. Sua voz, seu tom de voz, o ritmo de suas palavras… – disse o jovem ao jornal La Depeche, segundo tradução do Huffington Post.

Trutino dirigiu-se formalmente ao papa que, supostamente, dirigiu a ele informalmente.

-Eu recebi a carta que você me enviou (…) Sua homossexualidade, não é um problema. Você deve permanecer corajoso, é preciso continuar a acreditar, a orar e para ficar bem – teria dito o papa ao jovem.

Inicialmente o Vaticano não confirmou nem negou a suposta ligação. Porém, agora o padre Federico Lombardi, porta-voz oficial da Santa Sé, “nega firmemente” as informações divulgadas na imprensa francesa.

- A única vez que o Papa ligou para a França foi para falar com o Cardeal Barbarin – e afirmou que sempre existe o risco de pessoas se passarem pelo papa ao telefone.

O papa Francisco tem sido visto por muitos como um progressista. Essa visão sobre o líder católico se tornou ainda mais forte depois de suas afirmações de que não poderia julgar um homossexual caso este decidisse buscar a Deus.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...