.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

7 de out de 2013

Depois de ser preso por violência doméstica, jogador de futebol americano abandona o esporte para se dedicar à igreja e à família

 

O jogador de futebol americano Christian Ballard anunciou recentemente que está abandonando sua carreira no esporte para dedicar seu tempo à igreja e também para ser um marido e um pai melhor. Defensor do Minesota Vikings, Ballard afirma que teve de deixar a NFL, principal liga profissional de futebol americano no mundo, para de dedicar à sua família.

- Eu sempre pude tratar minha esposa bem, tratar meu filho bem, ser um bom irmão, ser um bom filho. Mas eu sei que estando fora da NFL será muito mais fácil me concentrar nestas coisas, pois agora tenho tempo – explicou Ballard.

Antes do anúncio de sua saída na NFL, o jogador havia pedido uma licença de seu time para se casar com sua então namorada, Victoria Hallenback. Porém, durante esse período, ele e Victoria acabaram presos por violência doméstica, e viveram momentos conturbados.

O casal foi solto por serem considerados agressores mútuos e, depois do episódio, Ballard decidiu deixar a liga profissional. Ele afirma que a NFL não era um obstáculo para mostrar uma boa conduta, mas que o tempo que ele precisava dedicar ao esporte o levou a viver de maneira conturbada.

- Eu não estou dizendo que eu deixei a NFL e agora está tudo bem. Não é assim. Ainda há um monte de monte de coisas que eu tenho que trabalhar – obviamente – como ser um marido e um pai – afirmou o atleta, com esperança de que sua vida deve mudar para melhor.

Segundo o jornal USA Today, Ballard afirma que sua prioridade agora é levar uma vida mais corriqueira, e abrir espaço em sua vida para a igreja e para o seu filho Reeve, de três anos, fruto de um relacionamento antes de sua atual esposa.

- Não me interpretem mal, pois há milhares de pessoas que jogam na NFL e são fortes seguidores do Senhor, e conseguem ter um estilo de vida normal. Mas, para mim, não era realmente trabalhar fora – completou, explicando que vários jogadores cristãos conseguem conciliar a carreira e a fé, mas que muitos se tornam egoístas e acabam não se importando com a família.

Oriundo da Universidade de Iowa, Christian Ballard saiu da liga universitária para a profissional em 2011, e participou de 30 partidas defendendo o Minesota Vikings.

Pro Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Pastor Mark Driscoll alerta: “A igreja está morrendo nestes dias sombrios. Deixamos de conduzir para sermos conduzidos”

 

O pastor Mark Driscoll fez um alerta aos cristãos em geral sobre os “tempos escuros” pelos quais a Igreja passa, e afirmou que o cristianismo está sendo jogado ao ostracismo.

Numa carta aos cristãos, o líder da megaigreja Mars Hill Church afirmou que a igreja parou no tempo por ficar olhando para si mesma.

“Quatro anos atrás, a revista Newsweek publicou a manchete ‘O Declínio e Queda da America Cristã’. Essas palavras, escritas na capa em forma de uma cruz, se tornaram perturbadoramente verdadeiras hoje”, lamentou.

O texto, publicado no site da Resurgence Conference 2013, observa que “os cristãos estão sendo marginalizados, o casamento gay está legalizado, deixamos de conduzir e passamos a ser conduzidos”.

Segundo Driscoll, “a igreja está morrendo, e ninguém está percebendo, porque estamos perdendo tempo criticando ao invés de evangelizar”.

Com sua sinceridade peculiar e já conhecida, Driscoll alarma: “Os dias estão sombrios, o que significa que a nossa vontade deve ser cada vez mais forte e nossas convicções tem que estar cada vez mais claras. Esta não é a hora para trocar de botas de trabalho para chinelos. Você não acha que nós viemos aqui para matar o tempo ouvindo música cristã até Jesus voltar, não é?”, questiona o pastor.

Segundo o Charisma News, a carta incentiva aos fiéis a resistirem: “Permanecei firmes na graça de Deus. Fiquem firmes na Palavra. Jesus está vivo. Lamba suas feridas, levante-se, sacuda a poeira e comece a trabalhar”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

Papa emérito Bento XVI admite casos de pedofilia na Igreja Católica e nega que tenha tentado encobri-los

 

Os casos de pedofilia que assombram a Igreja Católica foram admitidos pelo papa emérito Bento XVI, que negou ter acobertado os crimes.

Numa carta enviada ao escritor italiano Piergiorgio Odifreddi, a primeira manifestação pública desde sua renúncia, Bento XVI afirma que os episódios são fonte de tristeza na denominação romana.

“Quanto à sua menção do abuso moral a menores por padres, só posso, como você sabe, admiti-lo com profunda consternação. Mas jamais tentei acobertar essas coisas”, escreveu o papa emérito, segundo informações da agência Reuters.

Essa é a primeira vez que o pontífice aposentado se refere ao tema na primeira pessoa. Os maiores escândalos recentes de abuso sexual dentro da Igreja Católica foram revelados durante o período em que atuou como líder máximo da denominação.

Em todas as vezes que abordou o tema quando Bento XVI ainda estava na ativa, o Vaticano sempre se posicionou de maneira institucional, dizendo que o papa trabalhava de maneira a coibir a prática, e que jamais tentaria acobertar os escândalos.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

Nívea Soares e Missão Portas Abertas lançam campanha de ajuda aos cristãos perseguidos no Egito

A Missão Portas Abertas e a cantora Nívea Soares lançaram uma campanha de mobilização dos cristãos brasileiros para ajudarem os fiéis do Egito, que tem sofrido perseguições de extremistas muçulmanos desde a queda do presidente Mohammed Morsi.

“Ser membro do Corpo de Cristo é participar da alegria e do sofrimento de nossa família na fé. Por isso, ao tomarmos conhecimento da difícil realidade vivida por nossos irmãos no Egito, mesmo vivendo distante de nós, conseguimos sentir a sua dor e aprender com sua perseverança”, introduz o texto da campanha.

Segundo a Portas Abertas, a situação no país só tem piorado: “O que já era difícil, piorou consideravelmente. Uma série de ataques extremistas destruiu igrejas, propriedades e casas de cristãos. A perseguição religiosa que os cristãos egípcios enfrentam há anos e, hoje, com mais intensidade, unicamente por seguirem a Jesus Cristo, nos faz querer apoiá-los para que suportem tudo em amor”.

A Portas Abertas pede que, os interessados em contribuir façam doações em valores que variam entre R$ 15,00 e R$ 50,00, a fim de financiar o socorro aos cristãos perseguidos no país, e ajudá-los a retomar suas vidas. “Sua doação irá beneficiar cristãos egípcios que precisam reabrir seus negócios, auxiliará aqueles em situação de emergência financeira, além de apoiar espiritualmente a Igreja como um todo. Ore, doe e engaje-se nessa causa”, convoca a Missão.

Assista o vídeo da campanha com Nívea Soares:

 

Síria

Recentemente, a cantora já havia alertado sobre a necessidade de levar o Evangelho aos países de maioria muçulmana. Em sua página no Facebook, Nívea lamentou a situação da Síria, que vive em guerra civil e também protagoniza cenas de perseguição a cristãos.

“Um homem sírio no meio dos escombros da guerra disse no noticiário: ‘O mundo ocidental não vem nos ajudar porque somos muçulmanos’. Chorei!”, escreveu a cantora, antes de tecer uma dura crítica à postura adotada pelos cristãos em geral: “A igreja brasileira nutriu tanto o medo da perseguição, que para muitos de nós tornou-se mais cômodo nos isolarmos dentro do nosso ‘mundinho gospel’ e esquecermos das nações que tem passado por muito mais tribulações que nós. Que nosso coração se quebre novamente pelas nações dentro e fora do Brasil. Eles precisam conhecer Jesus! Só existe paz real em Jesus!”, afirmou Nívea Soares.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

Pastor Marcos Pereira desiste de processo por injúria e difamação contra José Junior

O pastor Marcos Pereira desistiu de processar o coordenador do Afroreggae José Junior por tê-lo acusado de ser o mandante dos ataques à sede da ONG nas comunidades do Rio de Janeiro.

Preso e condenado por estupro, Pereira não compareceu à audiência no Fórum Central (foto) do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). A desistência da ação por injúria e difamação foi informada pelo advogado do pastor.

Além das acusações de envolvimento com os ataques aos prédios do AfroReggae, Junior afirmou que Pereira tinha ligações com o tráfico de drogas, associação para o tráfico, praticado lavagem de dinheiro e quatro homicídios, de acordo com informações do portal Terra.

O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão preventiva de Marcos Pereira e do traficante Márcio Nepomuceno dos Santos, o Marcinho VP, por associação para o tráfico. O procedimento é padrão, apesar de ambos já estarem detidos, em diferentes presídios.

Segundo o MP, Marcos Pereira seria uma espécie de “pombo correio” dos traficantes, fazendo as funções de repassar ordens de traficantes presos para seus subordinados nas comunidades do Rio de Janeiro.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...

Carregando a frase “Jesus Salva” no carro, piloto brasileiro conquista vitória emocionante na Fórmula 3

 

A 11ª etapa da Fórmula 3 britânica, competição conhecida por ser uma das mais tradicionais categorias de acesso à Fórmula 1, foi marcada pela vitória de um piloto brasileiro e pela mensagem de fé que ele carrega em seu carro. Carregando a já característica frase “Jesus Saves” (Jesus Salva) em seu carro, o piloto Felipe Guimarães garantiu uma emocionante vitória na última curva do circuito de Nurburbring, na Alemanha.

Pupilo do ex-piloto de Fórmula 1, Alex Dias Ribeiro, de quem herdou o costume de carregar a frase religiosa em seu carro, o brasiliense Guimarães, de 22 anos, dedicou sua vitória a Deus.

- Foi uma das melhores corridas da minha vida. Vim no limite do carro a cada curva, a cada volta. Dei o máximo de mim porque confiava que poderia vencer. Deus me abençoou muito. Só tenho a agradecer a Ele – afirmou Guimarães, comemorando sua segunda vitória na temporada.

Na corrida que foi considerada a mais emocionante desta temporada da F-3 inglesa, segundo o G1, o piloto brasileiro garantiu sua vitória com uma ultrapassagem na última curva da última volta sobre o australiano Spike Goddard. Pela manhã, o piloto já tinha subido ao pódio com o terceiro lugar na 10ª etapa, e agora ocupa a quarta posição no campeonato, com 103 pontos.

Apesar da vitória do piloto brasileiro, o britânico Jordan King garantiu o título da categoria com uma prova de antecipação.

A bela vitória de Felipe Guimarães foi comentada por seu mentor Alex Dias Ribeiro, quer ressaltou a atitude do pupilo em seguir seus passos levando a mensagem religiosa em seu carro. Guimarães leva sua fé também no capacete, com a frase “Jesus ama você”.

- A minha satisfação com a vitória do Felipe é imensa e a alegria e gratidão a Deus que nos ensinou o caminho. Esta vitória é a abertura de um novo ciclo de alguém que está me substituindo levando a palavra de Deus mundo afora através do automobilismo – comentou Ribeiro.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Apesar de ter suas igrejas destruídas, cristãos do Egito respondem a atos de violência com mensagens de amor e perdão

A recente onda de perseguição contra cristãos no Egito tem a cidade de Minya como um dos locais mais atingidos pela violência dos ataques, apontados por especialistas como os piores sofridos por cristãos na região nos últimos 700 anos. Porém, mesmo diante da violência, os cristãos têm respondido com uma mensagem de amor e perdão.

Em todo o país, dezenas de igrejas coptas e católicas foram incendiadas. Entre elas está a Amir Tadros, uma igreja centenária que foi completamente destruída e, tendo a demolição como único caminho viável para sei templo, se reúne em uma barraca de lona montada perto do local. Na escola dominical alunos da classe estão aprendendo sobre Theodore Shateb, um comandante romano que se converteu ao cristianismo e foi martirizado no ano 313.

- Esses dias eu acho que os alunos estão tendo uma lição de vida – disse o professor William Marka à CBN News.

- Eles veem a sua igreja queimada. Eles sabem como são tratados todos os dias. Eles nos veem perdoar os nossos inimigos. Estamos no Egito para servir. Estamos aqui para demonstrar amor cristão. Tentamos o nosso melhor para não lutar e mostrar o amor que o Senhor nos ensinou – completou Marka.

As mensagens de amor dos cristãos egípcios estão estampadas também nas paredes destruídas dos templos e edifícios destruídos pelos ativistas islâmicos. Um deles é um orfanato chamado Soldados de Cristo. Administrado por cristãos, o orfanato foi destruído em um ataque ordenado pela Irmandade Muçulmana, deixando mais de 200 crianças desabrigadas.

- Vocês queriam nos machucar, mas eu te perdoo. Deus é amor. Tudo funciona para o bem… – diz mensagem escrita em uma das paredes que restou no orfanato, acompanhada ainda pela frase “Amai os vossos inimigos”.

Apesar de continuarem a viver sob ameaças, os cristãos em Minya ressaltam seu comprometimento em continuar seus ministérios, segundo o Noticias Cristiana. Eles dizem que os prédios foram destruídos, mas que a Igreja de Cristo continua de pé.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Comissão da OAB manifesta repúdio ao pastor Marco Feliciano por prisão de ativistas que se beijaram durante culto

 

O pedido do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de que a Polícia detivesse duas ativistas gays que se beijavam durante seu sermão no Glorifica Litoral, em São Sebastião, continua repercutindo na sociedade.

A última reação à postura do deputado presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) gerou uma nota de repúdio por parte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Por meio da Comissão Especial da Diversidade Sexual do Conselho Federal, a OAB afirmou que “declarações como estas incitam o ódio e a intolerância e promovem a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero”.

Segundo a nota, a atitude das jovens não se caracteriza como ofensa ao culto: “E intolerável é o abuso de poder das autoridades policiais que cercaram, arrastaram e algemaram as jovens que se manifestavam contra o parlamentar, e que de modo algum podem ter sua conduta entendida como ofensa ao sentimento religioso, revelando-se totalmente descabida a tentativa de punir as manifestantes com base no art. 208 do Código Penal”.

A Comissão conclui sua crítica ao episódio repudiando as declarações do pastor e se comprometendo a promover a luta da militância gay: “Deste modo a Comissão Especial da Diversidade Sexual do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil sente-se no dever de repudiar as declarações do deputado federal Marco Feliciano e o abuso de poder da Guarda Civil do Município de São Sebastião-SP, e expressar o compromisso inarredável da OAB com a luta pela promoção e defesa dos direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis, e com a preservação do Estado democrático de direito e das liberdades constitucionais”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

+ Leia mais...