.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

6 de dez de 2014

+ Leia mais...

20 de out de 2013

Pr. Claudio Duarte - Lei da semeadura - Completo

 

 

+ Leia mais...

Rede Globo exibe o filme gospel “À Prova de Fogo” na Sessão da Tarde e causa comoção nas redes sociais

 

Nessa quinta feira (17), a Rede Globo exibiu na Sessão da Tarde o filme “À Prova de Fogo”, produzido pela Igreja Batista de Sherwood em Albany, Geórgia (EUA), também responsável por outros filmes de grande sucesso entre os cristãos, como “A Prova de Fogo”, “Desafiando Gigantes”, “A Virada” e “Corajoso”. A exibição do filme cristão na emissora causou comoção nas redes sociais.

O filme retrata o bombeiro Caleb Holt (Cameron) que, ausente em seu casamento depois de sete anos de união está decidido a se divorciar de sua esposa Catherine (Bethea), e aceita um desafio proposto por seu pai para salvar seu casamento.

Nas redes sociais, admiradores do filme comentaram sobre sua exibição na Rede Globo. Durante a tarde, muitas pessoas usaram suas contas no Twitter e Facebook para elogiar a iniciativa da emissora em exibir o filme e para comentar suas impressões sobre a produção.

- Hoje na sessão da tarde PROVA DE FOGO vamos assistir. É um dos filmes mais lindos sobre amor e perdão entre um casal. Para quem estiver em casa é uma grande opção de lazer (sic) – anunciou a psicóloga Marisa Lobo, em seu perfil no Facebook.

- À Prova de Fogo é um filme que mostra e ensina que quando há amor mesmo, há persistência e perdão. Não tem fim. #lindo #sessãodatarde (sic) – postou, no Twitter, a internauta Adriana Rodrigues.

- Filme a Prova de Fogo passou hj na Globo na Sessão da Tarde! Estou regozijando de alegria! Em nome de Jesus, que muitas pessoas tenham sido tocadas pelo Amor de Deus (sic) – afirmou Olga Marcato.

O filme recebeu diversos elogios nas redes sociais, e algumas pessoas chegaram a afirmar ter sido o “melhor filme dessa semana na Sessão da tarde”. Porém, alguns usuários das redes sociais, como os perfis “Deus ao Jovem” e “Proclamando Evangelho”, criticaram a transmissão feita pela emissora, afirmando que foram feitos no filme que teriam mudado sua mensagem central.

- A Rede Globo exibiu o filme “Prova de Fogo” na sessão da tarde, mas cortou as partes principais e fez algumas alterações. Virou um simples filme romântico. Que medo do Nome de Jesus e da Mensagem da Salvação, hein?! O que transforma uma vida e um casamento é o EVANGELHO, e é isso que o filme mostra. É de Jesus que o Brasil precisa, não de filosofias bonitas. Precisamos entender que somos pecadores perdidos, e precisamos desesperadamente da Graça e do Perdão Dele! – escreveu no Facebook o perfil intitulado Proclamando Evangelho.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Cristã interrompe importante reunião no Congresso Americano para afirmar que os Estados Unidos não são “uma nação unida sob Deus”, e que dEle não se zomba

 

Na última quarta feira, uma funcionária do Congresso norte americano interrompeu uma sessão extraordinária da Casa, que teve como objetivo votar o novo orçamento e a elevação do teto da dívida pública dos EUA, para criticar a política americana e afirma que os americanos não são e nunca foram “uma nação unida sob Deus”.

A estenógrafa Dianne Reidy, de 48 anos, trabalha há cerca de oito anos no Congresso e começou a proferir sua declaração pouco antes da contagem dos votos da sessão.

- Não se deixem enganar. De Deus não se zomba. Uma Casa dividida não pode ficar de pé. Ele não permitirá que zombem dEle… A maior enganação aqui é os americanos não são e nunca foram “uma nação unida sob Deus” – declarou Reidy, quebrando o protocolo e assumindo o controle do microfone.

Essa última frase está sendo considerada pela imprensa norte americana como uma menção ao juramento de lealdade ao governo dos Estados Unidos, feito por todos os deputados do país.

- (…) Nunca esteve. Se tivesse estado, a Constituição não teria sido escrita por maçons… indo contra Deus. Vocês não podem servir dois mestres. Vocês não podem servir dois mestres. Louvado seja Deus, Senhor Jesus Cristo – completou Reidy.

Após proferir seu breve discurso, Dianne Reidy foi levada pela polícia do Congresso, e submetida a uma avaliação psiquiátrica. Depois de liberada, ela deu uma declaração à Fox News, explicando a motivação para sua atitude inesperada.

- Nas últimas 2 semanas e meia, o Espírito Santo me acordava todas as madrugadas me preparando. Eu duvidei no início, mas decidi entregar uma mensagem de Deus para a Câmara – explicou Reidy.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Estréia da série “A Bíblia” coloca Rede Record na vice-liderança de audiência no horário; assista vídeo

 

A série de TV “A Bíblia”, que figurou por diversas vezes na lista de programas mais assistidos nos Estados Unidos, estreou na última quarta feira (16) na Rede Record. A estreia da série norte-americana, que substituiu a produção nacional “José do Egito”, garantiu o segundo lugar em audiência para a emissora.

De acordo com o site especializado em TV, Na Telinha, a produção teve uma média de 13 pontos com picos de 15 e isolou a emissora do bispo Edir Macedo na vice-liderança no ranking do Ibope.

Na frente da Record, no horário, ficou a Rede Globo com uma média de 21,7 pontos. Em terceiro lugar figurou o SBT com 7,5 pontos, seguido pela Band com 3,9 pontos. Os índices de audiência do Ibope são baseados na preferência de um grupo de telespectadores na Grande São Paulo, e cada ponto equivale a 62 mil domicílios sintonizados.

A série, produzida originalmente pelo History Channel e produzida pelos cristãos Mark Burnett, e Roma Downey, conta em dez episódios que ilustram importantes momentos narrados no livro sagrado do cristianismo. O capítulo de estreia contou as histórias de Noé e do patriarca Abraão.

A audiência da estreia amplia ainda mais as expectativas da Rede Record em relação à produção, que já conquistou cerca de 160 milhões de telespectadores em todo o mundo.

Assista à matéria do Domingo Espetacular sobre os bastidores da série:

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

Jovem pastor da Assembleia de Deus é morto pela polícia na Bahia; delegado o acusa de integrar quadrilha e família protesta

 

Na última quinta feira (17), o jovem pastor da Assembleia de Deus, Gilmário Sales, de 24 anos, foi morto durante um cerco feito pela polícia em Feira de Santana (BA). Além de Sales, outros três homens foram mortos durante a operação policial, entre eles o cantor evangélico Jeisivam Cristiano Dias Brito, de 26 anos, Fábio de Almeida Silva, 24 anos e Enderson Almeida Souza Matos, 23 anos.

A ação que resultou na morte dos jovens aconteceu na tarde da quinta feira na divisa entre Feira de Santana e Conceição do Jacuípe. De acordo com a polícia, os jovens mortos seriam parte de uma quadrilha especializada em tráfico de drogas e roubo de veículos; porém, familiares contestam a afirmação feita pelo delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Repressão a Roubos de Cargas (Decarga).

De acordo com o delegado, os jovens estavam armados em dois veículos, um Peugeot vermelho, placa OLD – 8292, e um Punto branco, placa NZP- 3230, e teriam atirado contra a polícia diante do cerco. A polícia afirma ainda que Enderson, conhecido como “Rabicó”, seria o líder do bando e portava uma pistola 9 mm, enquanto os outros jovens estavam armados com revólveres de calibre 38.

- Eles iniciaram a troca de tiros. Não foi intenção da polícia feri-los, mas eles tiveram que salvar suas vidas e revidaram os disparos – afirmou Souza.

Familiares de Jeisivam e de Gilmário contestam a versão de troca de tiros apresentada pela polícia e afirmam que eles foram executados. De acordo com os familiares, os dois eram evangélicos e que estavam indo para Aracaju.

De acordo com Veranice dos Santos Sales, mãe de Gilmário, o jovem havia comprado o Peugeot há cerca de 15 dias pelo valor de R$ 14 mil, e diz ter estranhado o valor, mas ressalta que o filho não tem nada a ver com os crimes dos quais foi acusado.

- O único erro de meu filho foi ter comprado este carro. Mas dizer que ele era bandido e trocou tiros, jamais, pois ele era um homem de Deus conhecido em todo o país e não merecia isto que fizeram – afirmou.

Ivo da Silva Brito, pai de Jeisivam, comenta que o filho era ex-cunhado de Rabicó e que acredita que por isto ele tenha sido morto.

- Meu filho e o amigo eram pregadores da palavra de Deus e a única arma que tinham era a bíblia. Eles eram trabalhadores e não sabiam sequer atirar, como iam trocar tiros com a polícia? Ele foi condenado por conhecer pessoas que eram erradas? Não vou sossegar enquanto a verdade não aparecer. Meu filho foi executado, isto tenho certeza – afirmou o pai do jovem.

Segundo o Portal A Tarde, nas redes sociais e sites de noticias da cidade foram veiculadas diversas manifestações de repúdio pela morte dos jovens, pedindo que o caso seja investigado com clareza e que seja acompanhado pelo Ministério Público.

Por Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...

7 de out de 2013

Depois de ser preso por violência doméstica, jogador de futebol americano abandona o esporte para se dedicar à igreja e à família

 

O jogador de futebol americano Christian Ballard anunciou recentemente que está abandonando sua carreira no esporte para dedicar seu tempo à igreja e também para ser um marido e um pai melhor. Defensor do Minesota Vikings, Ballard afirma que teve de deixar a NFL, principal liga profissional de futebol americano no mundo, para de dedicar à sua família.

- Eu sempre pude tratar minha esposa bem, tratar meu filho bem, ser um bom irmão, ser um bom filho. Mas eu sei que estando fora da NFL será muito mais fácil me concentrar nestas coisas, pois agora tenho tempo – explicou Ballard.

Antes do anúncio de sua saída na NFL, o jogador havia pedido uma licença de seu time para se casar com sua então namorada, Victoria Hallenback. Porém, durante esse período, ele e Victoria acabaram presos por violência doméstica, e viveram momentos conturbados.

O casal foi solto por serem considerados agressores mútuos e, depois do episódio, Ballard decidiu deixar a liga profissional. Ele afirma que a NFL não era um obstáculo para mostrar uma boa conduta, mas que o tempo que ele precisava dedicar ao esporte o levou a viver de maneira conturbada.

- Eu não estou dizendo que eu deixei a NFL e agora está tudo bem. Não é assim. Ainda há um monte de monte de coisas que eu tenho que trabalhar – obviamente – como ser um marido e um pai – afirmou o atleta, com esperança de que sua vida deve mudar para melhor.

Segundo o jornal USA Today, Ballard afirma que sua prioridade agora é levar uma vida mais corriqueira, e abrir espaço em sua vida para a igreja e para o seu filho Reeve, de três anos, fruto de um relacionamento antes de sua atual esposa.

- Não me interpretem mal, pois há milhares de pessoas que jogam na NFL e são fortes seguidores do Senhor, e conseguem ter um estilo de vida normal. Mas, para mim, não era realmente trabalhar fora – completou, explicando que vários jogadores cristãos conseguem conciliar a carreira e a fé, mas que muitos se tornam egoístas e acabam não se importando com a família.

Oriundo da Universidade de Iowa, Christian Ballard saiu da liga universitária para a profissional em 2011, e participou de 30 partidas defendendo o Minesota Vikings.

Pro Dan Martins, para o Gospel+

+ Leia mais...