.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

21 de set de 2013

Assembleia de Deus dos Últimos Dias exibe programa em defesa do pastor Marcos Pereira e mostra trabalhos sociais: “A prisão não abala a igreja”;

 

Assembleia de Deus dos Últimos Dias exibe programa em defesa do pastor Marcos Pereira e mostra trabalhos sociais: “A prisão não abala a igreja”; Assista

A Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) segue publicando materiais em defesa de seu fundador, pastor Marcos Pereira, condenado por estupro em primeira instância.

No programa Os Mistérios dos Últimos Dias, os filhos do pastor, evangelista Filipe Madureira e a cantora Nívea Silva, ressaltam os trabalhos sociais de Marcos Pereira, afirmando que as ações nas comunidades são realizadas há “24 anos” no Rio de Janeiro.

Cenas da sessão em que o pastor recebeu o título de cidadão benemérito do Rio de Janeiro na Assembleia Legislativa (Alerj) foram mostradas como exemplo de reconhecimento estatal ao trabalho desenvolvido por ele nas comunidades.

“Pastor Marcos Pereira é o nosso grande irmão… Ele tem ajudado a governos, porque quando ele faz esse trabalho magnífico, ele nos ajuda para fazermos leis justas, ele nos ajuda porque vive em oração constante, buscando a Deus, ele ama o povo, ele ama o seu país, e eu tenho um amor muito grande”, disse a deputada Benedita da Silva, em declaração ao programa.

As visitas do pastor aos morros e aos presídios também foram usadas no programa como ilustração do trabalho sócio-espiritual que Marcos Pereira desenvolvia.

O programa foi gravado na quinta-feira, 12 de setembro, dia em que a sentença do pastor Marcos Pereira, de condenação a 15 anos de prisão, havia sido anunciada. “Por volta das 17h00, tivemos a triste notícia de que o nosso pastor, Marcos Pereira da Silva, foi condenado. Triste porque a separação da carne dói, mas nós sabemos que a prisão não abala a igreja, mas é a igreja que abala a prisão. Por isso, nós estamos firmes, confiantes que a última palavra é do Senhor [...] de que essa sentença será anulada”, disse Nívea Silva.

Assista:

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário