.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

13 de mai de 2012

Pastor Ciro Zibordi critica sensacionalismo em torno do sinal da besta….

 

Pastor Ciro Zibordi critica sensacionalismo em torno do sinal da besta, previsto no Apocalipse: “Não precisamos nos preocupar com isso”. Leia na íntegra

 

O pastor Ciro Zibordi publicou artigo sobre a marca da besta e a notícia de que supostamente o presidente norte-americano havia aprovado uma lei que obrigaria as pessoas a implantarem um microchip com dados médicos.

A notícia surgiu através de um programa de TV sensacionalista e se tornou viral no Facebook. Com isso, veículos de comunicação replicaram  a notícia sem comprovar a informação na fonte.

Em seu texto, Zibordi afirma que os cristãos não precisam se “preocupar com isso”, pois a marca da besta descrita no livro do Apocalipse é um “sinal do Anticristo [...] não revelada nas Escrituras, que separará os seguidores da Besta como adoradores conscientes desse preposto de Satanás”.

Para o pastor assembleiano, o “sinal do Anticristo é uma marca, não revelada nas Escrituras, que separará os seguidores da Besta como adoradores conscientes desse preposto de Satanás”.

Confira abaixo a íntegra do artigo “Obama ‘aprovou’ a implantação de biochips. E daí?”, de Ciro Zibordi:

Alguns sites (sensacionalistas, em sua maioria) estão divulgando que Barack Obama aprovou a implantação de biochips nos EUA como parte da reforma para a saúde em 2013. Tudo indica que essa notícia não passa de mais um factoide, produzido pelos conspiracionistas de plantão. Mas, e se ela fosse verdadeira? Em que isso nos afetaria?

Não é de hoje que a possibilidade de implantação de um chip no corpo humano assusta os incautos. E alguns pregadores, aproveitando-se disso, citam Apocalipse 13.14-16 para afirmar que tal microchip de 7 mm de comprimento e 0,75 mm de largura (tamanho de um grão de arroz) seria o sinal da Besta…

Segundo alguns especialistas que consultei, os tais biochips não seriam implantados na mão ou na testa (como alguns pensam), e sim na parte carnuda do braço, a fim de não interferirem na articulação e na função muscular. E a sua extração seria feita facilmente através de um procedimento cirúrgico simples.

Se alguém se acidenta e precisa de cuidados médicos emergenciais, não há muito tempo para a realização de exames pré-cirúrgicos. Nesse caso, se o paciente tiver um chip sob a pele contendo todo o seu histórico, isso ajudará, e muito, os médicos a adotarem a conduta correta.

Quanto ao sinal da Besta, não precisamos nos preocupar com isso. Por quê? Porque a Igreja não o receberá em hipótese alguma! Esse sinal não é um chip. Trata-se, na verdade, de uma marca para aqueles que, não tendo sido arrebatados pelo Senhor Jesus, escolherão, conscientemente, adorar a Besta (Anticristo). Eles serão convencidos pela segunda Besta, o Falso Profeta, de que o Anticristo é o “salvador do mundo”.

Segue-se que o sinal do Anticristo é uma marca, não revelada nas Escrituras, que separará os seguidores da Besta como adoradores conscientes desse preposto de Satanás. Graças a Deus, os salvos já estão marcados pelo sangue do Cordeiro e serão arrebatados antes da manifestação do Homem do pecado! Por que, então, precisamos nos preocupar com o sinal da Besta?

Ciro Sanches Zibordi

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário