.: TRADUZIR O BLOG PARA :.
.....
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
.

Seguidores

17 de jan de 2012

Hillary Clinton Solicita A Liberação Do Pastor Iraniano Youcef

O governo dos Estados Unidos através da Secretaria de Estado Hillary Clinton com mais de 200 mil americanos solicitaram a libertação do pastor iraniano Yussef Nadarkhani.

Nadarkhni, 34, foi condenado a morte em 2009 por deixar a fé islâmica, apesar de suas afirmações de que nunca foi muçulmano.

O Centro Americano de Lei e Justiça, que lançou a petição para salvar a vida do pastor, ficou satisfeito com este a solicitação do governo.

“Agradecemos a Secretária de Estado Clinton pelo seu apoio ao Pastor Youcef”, Jordon Sekulow, conselheiro-chefe do ACLJ, disse em um comunicado neste sábado.

“Vamos continuar trabalhando com o Departamento de Estado na luta para libertar o pastor Youcef, nós esperamos uma decisão do Líder Supremo do Irã  o aiatolá Ali Khamenei até o  final deste mês”

Informações: Portal Guia-me

 

Pastor Cristão É Condenado A Pena De Morte No Irã Por Se Recusar A Mudar De Religião

    Pastor Youcef Nadarkhani com a família

     

Pastor Youcef Nadarkhani

Pastor cristão é condenado a pena de morte no Irã por se recusar a mudar de religião

Um pastor que se converteu do islamismo para o cristianismo foi condenado à pena de morte no Irã por recusar voltar à sua antiga religião. As informações são do jornal britânico “Daily Mail“.

Youcef Nadarkhani, 34, se recusou a cumprir uma ordem judicial que o obrigava a se converter novamente ao islamismo. A sentença foi proferida por uma corte na província de Gilan, na cidade de Rasht.

O pastor foi detido em outubro de 2009 quando tentava registrar sua igreja na cidade. Youcef começou a questionar a supremacia dos muçulmanos para doutrinar as crianças, e acabou acusado de tentar “evangelizar” muçulmanos e de abandonar o islamismo, o que pode levar à pena de morte no país.

Sua primeira condenação aconteceu em 2010, mas a Suprema Corte do Irã interveio e conseguiu adiar a sentença. Ao ser revisto, o processo resultou na mesma condenação ao fim do sexto dia de audiência, nesta quinta-feira.

No tribunal, o pastor disse que não tinha intenção de voltar ao islamismo, chamando sua crença anterior de “blasfêmia”.

Agora, a defesa de Youcef tentará novamente recorre à Suprema Corte, pedindo a anulação da pena. O advogado de Youcef, Mohammed Ali Dadkhah acredita que tem 95% de chance de anular a sentença. No entanto, alguns apoiadores temem que a Suprema Corte demore para analisar o pedido e o pastor seja executado nos próximos dias.

O ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, comentou o caso e pediu que o Irã cancele a sentença. “Eu repudio o fato de que Youcef Nadarkhani, um líder cristão, possa ser executado por se recusar a cumprir a ordem da Suprema Corte para que ele se convertesse ao islamismo. Isso demonstra que o regime iraniano continua não respeitando o direito à liberdade religiosa”.

O último cristão executado por questões religiosas no Irã foi o pastor da Assembleia de Deus, Hossein Soodmand, em 1990. No entanto, dezenas de iranianos que se converteram ao cristianismo foram misteriosamente assassinados nos últimos anos.

Órgão do governo dos EUA pede a Barack Obama que exija libertação de pastor no Irã

 

E nós com tão pouco, ficamos sofrendo... Quantas das vezes choramos por passamos por alguma provação.

“Senhor me ensina a ser um verdadeiro cristão”! 

(Fábio Patrick)

Nenhum comentário:

Postar um comentário